captura e repelência de morcegos

A Desinsetizadora Alfa desenvolveu e utiliza uma maneira ecologicamente correta para captura, limpeza das fezes e detritos destes animais que podem contribuir na transmissão de doenças e patologias ao homem, por meio de equipamento apropriado e aplicação de produto para repelir o cheiro, de maneira que impeça que outros morcegos invadam o local novamente.  Visamos com estes serviços especializados, resguardar a qualidade de vida das pessoas nos ambientes tratados e higienizados.

assistência

de 4 em 4 meses

Ao adquirir o serviço de captura e repelência de morcegos, você terá, durante um ano uma assistência técnica especializada de 4 em 4 meses.

12 meses

de garantia

Também damos um ano inteiro de garantia, que junto com as assistências técnicas periódicas irão proporcionar um serviço completo para o cliente.

satisfação

garantida

Todos esses fatores contribuem para que nosso cliente seja completamente satisfeito antes, durante e após a realização de nossos serviços.

MORCEGO E A NATUREZA

São animais importantes para o meio ambiente, pois além de praticarem a polinização de plantas, são controladores naturais de insetos e os principais responsáveis pela recomposição de áreas degradadas através da disseminação de sementes quando se alimentam. 

Alimentação e hábitos

São animais importantes para o meio ambiente, pois além de praticarem a polinização de plantas, são controladores naturais de insetos e os principais responsáveis pela recomposição de áreas degradadas através da disseminação de sementes quando se alimentam. 

A alimentação dos morcegos varia conforme a espécie. Tem espécies que se alimentam de frutos (frugívoros), outras do néctar das flores (nectarívoros), algumas de insetos (insetívoros) ou mesmo as de sangue (hematófagos). Os morcegos em geral ficam abrigados durante o dia e saem ao entardecer para se alimentarem, os principais abrigos dos morcegos são locais como: cavernas, ocos de árvore, edificações, nas juntas de dilatação de prédios, em porões, sótãos e cumeeiras, enfim lugares sem a presença de luz.

hibernação

Com o início do clima frio parte de morcegos migra para as regiões do sul, voando centenas de quilômetros em busca de calor residual. Muitas espécies ficam para o inverno nos mesmos lugares onde eles caçavam no verão. Esses morcegos dormem no inverno. Eles procuram por abrigo, em fendas ou até mesmo fixados as pernas nas paredes ou tetos, pendurado de cabeça para baixo, e podem ficar em hibernação total de 6 a 8 meses.
Durante o Inverno, os morcegos das zonas temperadas deixam de ter recursos alimentares disponíveis, tendo por isso que lidar com uma limitação energética. A hibernação permite-lhes sobreviver a estes períodos de limitação alimentar.

doenças transmitidas

    Os morcegos causam transtornos nos diversos segmentos do mercado, através de seus ruídos, quanto se locomovem, e dos odores, causados por suas fezes, proporcionam incômodos as pessoas e animais.

 

Alguns dos problemas causados por infestações de morcegos são:

 

  • Acúmulo de sujeira, principalmente fezes; 

  • Barulho ao entardecer e à noite; 

  • Transmissão de doenças para o homem e animais; 

  • Incomodo aos animais domésticos; 


 

    Principais doenças transmitidas ao homem por morcegos: 

 

Doenças por vírus: Raiva 
 

Doenças por Bactérias: Febre Tifóide, Disenterias, Peste Bubônica, Leptospirose, Brucelose, Febre Recorrente. 
 

Doenças por Fungos: Histoplasmose, Candidíase, Blastomicose, Esperotricose, Meningite Crônica.
 

Doenças por Protozoários: Doença de Chagas, Mal das Cadeiras, Leishmaniose Visceral, Malária. 
 


 

RAIVA

É uma infecção viral do sistema nervoso central. A infecção resulta em uma inflamação do cérebro e, às vezes, da medula espinhal. Ao se manifestarem os sintomas, a doença é quase sempre fatal.

SALMONELOSE

É uma doença infecciosa do gênero Salmonella. Provocam febre e distúrbios intestinais. A infecção ocorre pela ingestão de alimentos ou pelo uso de elementos contaminados. Um fator de contaminação são as fezes de morcegos.

HISTOPLASMOSE

É uma doença infecciosa respiratória causada pelo fungo Histoplasma Capsulatum. A infecção ocorre quando as pessoas inalam essas partículas (fezes ressecadas desses animais) contendo esporos do fungo que espalham-se no ar como poeira.